Fugere (EP)

by Fugere

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.
    Purchasable with gift card

      name your price

     

1.
03:33
Storm that comes from my inside Please shower my life Yeah, keep thundering in my darkside 'Cause your noises, make me feel high Storm I'm happy that you still shine Come and wash away my past life Please, spit in my mind's eye Build me a safe place in your windy arms Slowly, I'm blowing now Will you catch me if I'm going now? And your thunders are quieter somehow But your raindrops keep falling down Falling down Falling down Falling down I'm falling down Storm that comes from other side Your cloudy breasts are mine It's just the black cat in my left arm That pushes me to adore your could lights Slowly, I'm blowing now Will you catch me if I'm going now? And your thunders are quieter somehow But your raindrops keep falling down Falling down Falling down Falling down I'm falling down
2.
03:09
Luz, Pra do ventre nascer Água... E a raiz vai brotar Tempo, Para o caule florescer E, na flor do fruto, Se esgotar... Só então, o outono trará O vento, o sopro e o desfolhar Há tempo para, então, esperar... E do limbo no chão renascer Anunciando o inverno passar... Ó semente, tão primaveril Que de cinzas se refaz, Num feminino tão hostil... E no véu desse imenso luar, Momento pra se deixar descolar No tempo, quando o astro girar E o sol amarelo crescer Anunciando um longo despertar Ó semente, tão primaveril Que de cinzas se refaz, Num feminino tão viril...
3.
01:45
estou aqui, não que aqui seja um lugar, mas estou. só isso importa pra mim. rezei, espanquei a cartilha do tubarão. devoro-te devoto. quem te escreve é um amante... bêbado bêbado bêbado e chato, chato demais. daquele que torce e espreme um texto sobre o mesmo (ele próprio). nem sei de mais nada disse agora pra mim mesmo: encapetado e lotado de coca-cola. eu tenho uma admiração pela minha terra, ela reinventa a coca e refaz o amor de um jeito sereno cafona e menosprezado, mas sem vingança... por fim, é mesmo a gente que importa... esse povo do brejo; é a gente e ponto final. danem-se todos os outros! isso que é o charme da vida: aquela birita inventada pelo povo da América do Norte; cheia do cheirinho de pinheiros altos. desculpa Helena, desculpa José. não é de Tróia que tiro isso, tiro Alice e, junto com ela, todas aquelas matriarcas fortes, abarrotadas de comida, gordas e anoréxicas... com a cara lavada, prontas pruma boa discussão. aquele orgasmo que elas nunca tiveram, tiveram uma vez, duas, milhares... é delas que a gente nasce tento compreender essa síntese... vou fungar esse blablablá meio agnose cristã; eu tenho uns puta de uns quase trinta e sou bem infantil.
4.
All the clouds are burning, Facing up the strong sun Today is the day I'm leaving My whole existence is behind me now Caring the fates of a nowhere man, Bringing the medicines in my bag Though, in my mind there is a nice point of view, Where we can lay down or stay... Stay stand (yeah) Stay stand (yeah) Stay stand (yeah) Stay stand (yeah) No more yesterdays, no more... There are burning clouds

about

Spotify: spoti.fi/3bky44a
Youtube: youtu.be/mxpa4b9HC4s
Outras plataformas: bit.ly/fugere

Fugere é o universo paralelo de Frederico Arruda, integrante da Baco Doente, a banda mais caótica de Juiz de Fora. O projeto deu os primeiros passos em 2013 na pacata Areal, RJ, quando Fred escrevia letras e os amigos João Gumury e Pedro Almeida cuidavam da música. Apenas em 2015, ele aprendeu os primeiros acordes no violão e foi dispersando seus esforços em outras empreitadas, até que em 2019, empolgado com as gravações da Baco, resolveu ressuscitar sua primeira banda num formato colaborativo. Nascia a Fugere, que significa fuga ou voo. Fonte: database.fm/fugere

credits

released September 3, 2020

Todas as canções por Frederico Arruda. Arranjos de cordas por João Gumury. Produção, mixagem e masterização de André Medeiros. Capa por Helena Frade.

Frederico Arruda: voz, guitarra, violão base.
João Gumury: baixo, guitarra, violão, violoncelo, violino, viola de arco, escaleta.
Max Souza: bateria.
André Medeiros: guitarra adicional em “Storm Song”, percussão em “Ciclo”, arranjo e guitarras em “Ecolalia”.

Gravado na Casa de Música, em Areal - RJ, no clube Necessaire e na casa do André, em Juiz de Fora - MG, entre janeiro e março de 2020

Agradecimentos: Helena Arruda, Valéria Gumury, Luiza Belém, Gabriela Arruda, José de Araújo Arruda, Humberto Lima, Pedro Almeida, Eduardo Bento (Pug Records, database.fm), Pablo Pessanha (Necessaire), família Medeiros, integrantes da Baco Doente, Paulo Aiello, Lylian Romero, Gladston Vieira, Filipe Furtado, Eloisa Helena de Souza Costa, Walter Gumury (in memorian) e José Nunes da Costa (in memorian).

license

all rights reserved

tags

about

Pug Records Brazil

try this at home

contact / help

Contact Pug Records

Streaming and
Download help

Redeem code

Report this album or account

If you like Fugere (EP), you may also like: